Porque é que espirramos? A ciência detrás dos espirros

Constipação | Tosse com muco | Gripe

Porque é que espirramos? Os nossos corações param quando espirramos? O que aconteceria com os nossos globos oculares se espirrássemos com os olhos abertos? Há muitas perguntas e mistérios sobre um reflexo corporal simples, mas muito útil.

Continue a ler para descobrir tudo sobre os espirros, incluindo alguns mitos que vamos esclarecer, e muitas outras verdades e factos fascinantes relacionados com os espirros.

Um espirro é uma saída repentina e involuntária de ar dos pulmões através do nariz e da boca1. Na maioria das vezes, é causada por irritação da mucosa nasal, que é o tecido que reveste a cavidade interna do nariz1.

Espirrar é um reflexo protetor1 e desempenha uma função crucial. O objetivo básico do espirro é ajudar a limpar as vias respiratórias quando o corpo deteta um irritante químico ou físico, como pó, pólen ou alimentos picantes1,3.
Mas nem tudo são vantagens. Espirrar é, infelizmente, também a forma mais poderosa pela qual podemos espalhar uma infeção respiratória4. Um só espirro pode gerar cerca de 20 000 gotículas carregadas de vírus e cerca de 100 000 germes que podem permanecer no ar até serem inalados por outra pessoa4,5. Isto representa cerca de 6,66 vezes mais gotículas do que as expelidas pela tosse4.
Porque é que tossimos? Explore a ciência da tosse no nosso artigo, aqui.
Embora tenham sido clinicamente reconhecidos já nos tempos de Hipócrates (que viveu entre 460-370 AC), ainda existem muitos mistérios em torno dos espirros e os cientistas continuam a realizar investigações sobre os espirros1.
Por exemplo, o neurónio ou moléculas responsáveis pelos espirros ainda são um tópico de pesquisa4. A razão pela qual fechamos os olhos quando espirramos não é clara3. Além disso, os mecanismos por trás de algumas causas de espirros, como a luz forte, ainda não foram descobertos1. E há coisas ainda mais estranhas! Sabia que algumas pessoas espirram quando pensam em sexo? É verdade! E as razões por detrás deste fenómeno, como acontece com muitos outros, permanecem obscuras1.

O que provoca os espirros?

As causas mais comuns dos espirros são2:

  • alergias a: pólen, bolor, caspa, pó
  • constipações ou gripe
  • irritantes como partículas de pó, poluição do ar, ar seco, alimentos condimentados ou certos medicamentos
  • abstinência de drogas

Outras coisas que podem causar espirros incluem1:

  • luz brilhante
  • estômago muito cheio
  • causas psicológicas pouco claras (nesses casos, o espirro é considerado “psicogénico”)
  • certas condições que afetam o sistema nervoso central, como a epilepsia
  • pensamentos sexuais, excitação ou orgasmo (sim, é verdade!)

Como parar de espirrar?

Os métodos para parar os espirros dependerão da causa. Por exemplo, se o seu espirro for causado por uma constipação ou gripe, os espirros devem desaparecer com a recuperação.

Os espirros e o corrimento nasal também são sintomas comuns de alergias6. Nesse caso, evitar o contacto com o elemento irritante que causa os espirros é a melhor maneira de parar de espirrar. Algumas dicas para evitar alguns alérgenos ou irritantes comuns
incluem2:
  • evitar animais de estimação (ou aspirar com frequência) para limitar a exposição a pêlos de animais
  • usar filtros de ar para manter o pólen afastado
  • lavar a roupa a uma temperatura de pelo menos 54°C para livrar-se dos ácaros
  • evitar viver em casas com bolor
  • substituição frequente dos filtros de fornos e lareiras

Há também evidências limitadas de que alguns remédios naturais, como o mel, o extrato de tomate, ou uma planta chamada T. cordifolia, podem ajudar a parar os espirros causados por alergias6,7. No entanto, são necessários mais estudos para confirmar estas afirmações6,7.

    Embora espirrar seja uma ocorrência comum e trivial, há muito poder num único espirro. Os cientistas estimam que durante um espirro, o ar é expelido dos pulmões a uma velocidade de 150–160 km/h1,5. Quando espirramos, os músculos do peito, músculos abdominais e músculos faciais contraem-se simultaneamente1. É por isso que, para algumas pessoas, os espirros causem dor ou, em alguns casos raros, lesões mais graves8.

    Portanto, conter este reflexo poderoso, quer seja ao apertar o nariz ou a fechar a boca, não é uma boa ideia5. O risco das seguintes complicações é baixo, mas existe5:

    • perda de audição
    • danos nos ouvidos médio e interno
    • rutura do tímpano
    • vertigens
    • lesão no diafragma
    • vasos sanguíneos rompidos ou enfraquecidos

PERGUNTAS FREQUENTES

  • Resumidamente, nada. As pessoas tendem a fechar os olhos quando espirram, devido ao chamado “reflexo autónomo”, isto é, um movimento inconsciente que fazemos em resposta a um estímulo3. Ainda não sabemos o que causa esse reflexo, mas alguns cientistas especulam que possa ser um reflexo de defesa, para proteger os olhos dos irritantes que causaram os espirros3.

    Dito isto, de acordo com os cientistas é perfeitamente possível espirrar com os olhos abertos sem consequências negativas para a saúde3. O antigo mito de que espirrar com os olhos abertos pode fazer com que os globos oculares saltem é exatamente isso – um mito3.

    Na pior das hipóteses, o aumento da pressão causado pelos espirros pode causar a rutura de vasos sanguíneos menores do corpo3. No entanto, isto não representa nenhum perigo.

  • Não, o coração não para quando espirramos9.

    Quando espirramos, os músculos do peito, abdominais e faciais contraem-se ao mesmo tempo para expelir o ar dos pulmões1. Quando a pressão do ar no peito aumenta, isso também afeta o fluxo sanguíneo, o que, por sua vez, pode fazer com que o ritmo cardíaco se altere momentaneamente9.

    Alguns especialistas especulam que esta breve sensação pode ter levado à evolução do mito de que o coração para durante um espirro9.

  • Por todo o mundo, as pessoas têm respostas ligeiramente diferentes, ainda que relacionadas, a uma pessoa que espirra. Por exemplo9:

    • Em inglês, as pessoas dizem “God bless you”, ou seja, “Deus te abençoe”
    • Em alemão, dizem “Gesundheit”, que é uma forma de desejar saúde.
    • Em italiano, as pessoas dizem “Salute”, que também é uma forma de desejar boa saúde a alguém.
    • Em hindu, as pessoas dizem “Viva!” para a pessoa que espirra, e ela, por sua vez, responde “Com você!”

    Historicamente, todos estes votos positivos remontam à superstição comum de que espirrar expõe as pessoas a espíritos malignos ou ao perigo1.

  • Sim, os espirros e o corrimento nasal podem ser sintomas de infeção por Ómicron, uma variante do vírus que causa a COVID-1910. Os outros sintomas principais desta infeção são:

    • Dores de cabeça
    • Fadiga
    • Dores de garganta10

    Para saber mais sobre as diferenças entre os sintomas de gripe, constipação e COVID, leia o nosso artigo: Quais são as diferenças entre a gripe e a constipação?

ÚLTIMO

CONSELHO

Os especialistas explicam que bloquear um espirro pode causar problemas de audição porque o ar pressurizado, que precisa de ser expelido durante um espirro, é enviado para trás através da trompa de Eustáquio e para o ouvido médio5.

DESCUBRA A GAMA COMPLETA

Leia sobre


    [1] Songu M, Cingi C. Sneeze reflex: facts and fiction. Therapeutic Advances in Respiratory Disease. 2009;3(3):131-141. doi:10.1177/1753465809340571

    [2] Sneezing, Medline, U.S. National Library of Medicine, visitado em 17/11/2022, disponível em https://medlineplus.gov/ency/article/003060.htm

    [3] Can you sneeze with your eyes open, press release, Newswise, visitado em 17/11/2022, disponível em https://www.newswise.com/articles/can-you-sneeze-with-your-eyes-open

    [4] What makes us sneeze? Press release, Washington University School of Medicine in St. Louis, visitado em 17/11/2022, disponível em https://medicine.wustl.edu/news/what-happens-when-we-sneeze/

    [5] Can Holding in a Sneeze Cause Hearing Damage? | UAMS Health, visitado em 17/11/2022, disponível em https://uamshealth.com/medical-myths/can-holding-in-a-sneeze-cause-hearing-damage/

    [6] Asha'ari ZA, Ahmad MZ, Jihan WS, Che CM, Leman I. Ingestion of honey improves the symptoms of allergic rhinitis: evidence from a randomized placebo-controlled trial in the East coast of Peninsular Malaysia. Ann Saudi Med. Setembro e outubro de 2013;33(5):469-75. doi: 10.5144/0256-4947.2013.469. PMID: 24188941; PMCID: PMC6074882.

    [7] Mainardi, T., Kapoor, S., & Bielory, L. (2009). Complementary and alternative medicine: herbs, phytochemicals and vitamins and their immunologic effects. Journal of Allergy and Clinical Immunology, 123(2), 283-294.

    [8] Bhardwaj, Himanshu MD*; Bhardwaj, Bhaskar MBBS†; Youness, Houssein A. MD*. A Painful Sneeze: Spontaneous Thoracic Lung Herniation Induced by Vigorous Sneeze. Journal of Bronchology & Interventional Pulmonology: Janeiro de 2014 - Volume 21 - Edição 1 - p 61-64 doi: 10.1097/LBR.0000000000000004

    [9] Does your heart stop when you sneeze?, U.S. Library of Congress, visitado em 17/11/2022, disponível em https://www.loc.gov/everyday-mysteries/biology-and-human-anatomy/item/does-your-heart-stop-when-you-sneeze/

    [10] ZOE app, “What are the symptoms of Omicron?,” visitado em 17/11/2022, disponível em https://joinzoe.com/learn/omicron-symptoms](https://joinzoe.com/learn/omicron-symptoms


Sanofi - Página Principal

Bisolvon® (cloridrato de bromexina), adjuvante mucolítico do tratamento antibacteriano das infecções respiratórias em presença de hipersecreção brônquica. Precauções/contraindicações: gravidez, aleitamento, hipersensibilidade à composição, úlcera gastroduodenal, doença hepática e insuficiência renal, asma, lesões cutâneas, intolerância à frutose (xarope), intolerância à galactose (comprimidos). Não associar com um antitússico nem com um secante de secreções. Pode haver um aumento no fluxo das secreções. Os comprimidos contêm lactose. O xarope está isento de açúcar, sendo por isso adequado para diabéticos. O xarope Criança só deve ser administrado a crianças com menos de 2 anos de idade com supervisão médica. Leia atentamente o folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico. (3.0)

Bisoltussin® Tosse Seca e Bisoltussin® (Dextrometorfano). Tratamento sintomático de tosse irritativa e seca. Precauções/contra-indicações: gravidez, aleitamento, doenças respiratórias, hipersensibilidade à composição, adolescentes e jovens adultos, doentes com antecedentes de abuso de drogas ou de substâncias psicoativas, doentes a tomar anti-depressivos inibidores da monoaminoxidase, doentes asmáticos; doentes com problemas hereditários raros de intolerância à frutose; doentes com problemas hereditários raros de intolerância à frutose não devem tomar este medicamento dado que contém maltitol líquido; crianças com idade inferior a 2 anos, a menos que recomendado pelo médico uma vez que Bisoltussin® contém ciclodextrina; crianças com menos de 5 anos que já estão a administrar um substrato para a álcool desidrogenase ou doentes com função renal ou hepática comprometida, uma vez que Bisoltussin® Tosse Seca contém propilenoglicol. Em doses superiores às recomendadas pode causar adição. Leia atentamente os folhetos informativos. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico. (5.0)

Bisolnatural® 2 em 1 e Bisolnatural® 2 em 1 Sem Açúcar são dispositivos médicos para a tosse (tosse seca e tosse produtiva). Bisolnatural® 2 em 1 é indicado para adultos e crianças + 1 ano de idade. Bisolnatural® 2 em 1 Sem Açúcar é indicado para adultos e crianças + 2 anos de idade, contém glicerol (pode causar dor de cabeça ou desconforto digestivo leve) e em caso de supervisão médica, gravidez ou amamentação deverá ser consultado o médico antes da sua toma.

Não utilizar em caso de hipersensibilidade ou alergia individual a um ou mais componentes. Ler cuidadosamente a rotulagem e as instruções de utilização. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico. (1.0) MAT-PT-2300994 v1.0 Novembro 2023